Vendas: (11) 3511-0400

Como fazer sua bateria durar mais

Como fazer sua bateria durar mais

A responsabilidade de um gestor de frota diz respeito não só aos equipamentos, mas também às baterias. Embora frequentemente negligenciadas, as baterias representam uma parte significativa do seu orçamento. Uma boa gestão de baterias das empilhadeiras prolongará sua vida útil, evitando o custo de comprar baterias extras durante o período de contrato. Então, se você quer saber como fazer sua bateria durar mais, primeiro, precisa saber duas coisas: como estão sendo carregadas as suas baterias e se o tipo de bateria se adequa à sua operação.

Como e quando as suas baterias estão sendo carregadas?

Na prática, é quase impossível controlar como e quando todas as baterias estão carregadas. Algumas formas de ter essas informações são através de controles diários dos momentos em que o operador realiza cargas completas em baterias de chumbo ácido ou cargas de oportunidade em baterias de íon de lítio, marcando também o horário que as baterias param de ser carregadas. Dessa forma, é possível ter uma ideia mais clara de quanto tempo a máquina trabalha e quanto tempo precisa estar parada para carregamento.

Outra forma eficiente de fazer esse controle é através da telemetria, com a conferência de dados dos ciclos de carga e descarga do equipamento, o que permite perceber de forma clara manuseamentos ineficientes das baterias para que possam ser tomadas medidas de correção.

Está utilizando o tipo certo de bateria?

O tipo ideal de bateria varia de acordo com a quantidade de horas trabalhadas, turnos, forma de utilização do equipamento como altura de elevação e peso das cargas. Para determinar a melhor opção para sua operação a consultoria de um profissional é importante, dessa forma ele pode conhecer as características da operação e indicar o modelo que irá melhor se adequar.

Como tirar o melhor proveito das baterias?

As melhores práticas de gestão de baterias variam muito, dependendo do tipo de bateria:

Se utilizar baterias de chumbo-ácido:

Para atingir a máxima vida útil possível, baterias de chumbo-ácido devem ser carregadas sempre até 100%. Cargas parciais frequentes reduzem drasticamente a expectativa de vida deste tipo de bateria. Além disso é importante que o carregador esteja devidamente dimensionado para a capacidade da bateria (medida em Ah – Ampére-hora), de modo que as cargas sejam realizadas com a corrente adequada, garantindo que o tempo total de carga seja o menor possível e que a temperatura interna da bateria não ultrapasse os limites aceitáveis.

Se utilizar baterias de íons de lítio:

As baterias de íons de lítio são mais flexíveis quando se trata de recarregar. Ao contrário das baterias de chumbo-ácido, a vida útil de uma bateria de íons de lítio não é afetada pela frequência de carregamento. Na realidade, a carga de oportunidade é encorajada para manter o tempo de funcionamento da sua operação. Sistemas de telemetria ajudam a verificar se as empilhadeiras estão sempre carregadas quando estão paradas. Assim, não será necessário parar para carregar a máquina quando precisar utilizá-la.

Com o tipo certo de bateria, carregada da forma correta, você pode utilizar suas empilhadeiras até à capacidade total, poupando energia e custos.

Nos conte nos comentários, você já segue essas dicas para fazer suas baterias durarem mais?

Outros posts

©2021 - Todos os direitos reservados criação e desenvolvimento - Agência Chleba - Tecnologia e Comunicação para Transformação Digital